Add caption

"Gonçalo M. Tavares já nos habituou ao seu olhar sobre o mundo e os homens: atento, inteligente, perspicaz, crítico... Em `Short Movies`, esse olhar é circunscrito, intencionalmente dirigido a cenas específicas de um quotidiano tantas vezes mais absurdo do que seria de crer", indica a editora, em comunicado hoje enviado à Lusa.

"E esse olhar tem ainda outra particularidade: conduz-nos com exatidão pelos mesmos caminhos que o autor percorreu. Neste livro, Gonçalo M. Tavares permite-nos partilhar a sua forma de alcançar esse seu tão exclusivo olhar. Um privilégio literário e humano para qualquer leitor", acrescenta.

Para aguçar a curiosidade, a editora revela um excerto de "Short Movies": "Ler, isto é: ver. Ou seja: deixar de ler. Tentativa de levar a escrita aos olhos e não a deixar sair daí. Evitar que se pense -- transferir tudo para uma questão óptica. Não penses, vê -- e vê, não penses. Ver o que nos é mostrado -- e também o resto. Ao lado, em cima, em baixo, antes, depois".

Esta é a 30.ª obra de vários géneros literários publicada em 10 anos, desde 2001, pelo autor de 41 anos -- incluindo vários romances, livros de contos, peças de teatro, uma epopeia, ensaios e poesia --, que já deram origem, em diversos países, a peças de teatro, ópera, peças radiofónicas, curtas metragens e objetos de artes plásticas, vídeos de arte, performances, projetos arquitetónicos e teses académicas.

Há cerca de 160 traduções de obras suas em curso com edição em 35 países e recebeu até agora alguns dos mais importantes galardões literários da língua portuguesa.

Entre eles, contam-se o Prémio Portugal Telecom 2007, o Prémio José Saramago 2005 e o Prémio LER/Millennium BCP 2004 com o romance "Jerusalém" (Caminho), o Prémio Branquinho da Fonseca, da Fundação Calouste Gulbenkian e do jornal Expresso, com o livro "O Senhor Valéry" (Caminho), o Prémio Revelação de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores (APE), com "Investigações. Novalis" (Difel), e o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco 2007, atribuído pela Associação Portuguesa de Escritores a "Água, Cão, Cavalo, Cabeça" (Caminho).

O seu romance "Jerusalém" foi listado como um dos "1001 Livros Para Ler Antes de Morrer -- Um Guia Cronológico dos Mais Importantes Romances de Todos os Tempos", na edição europeia desse livro.

Um dos três livros que publicou no ano passado, a epopeia contemporânea "Uma Viagem à Índia" (Caminho) foi distinguido com o Prémio Melhor narrativa Ficcional 2010 da Sociedade Portuguesa de Autores, o Grande Prémio de Romance e Novela da APE 2011, o Prémio Fernando Namora/Estoril Sol 2011, o segundo lugar do Prémio Portugal Telecom 2011 e o Prémio Especial de Imprensa Melhor Livro 2010 LER/Booktailors.

Fonte: http://www.rtp.pt/noticias/?t=Goncalo-M-Tavares-acaba-de-editar-novo-livro-Short-Movies.rtp&article=505109&visual=3&layout=10&tm=4

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Educação para os Media (ii)