Bibliotecas fazem a diferença

Numa altura em que alterações significativas na estrutura orgânica das escolas agrupadas se avizinha, é pertinente pensar estrategicamente no projecto educativo que será mais eficiente na formação global dos alunos. A biblioteca escolar, não se afasta nunca das acções susceptíveis de proporcional situações de aprendizagem inovadoras, planificadas e articuladas em ordem ao cumprimento da missão da própria escola do século XXI.
Também por isto vale a pena conhecer o "sentir" de outros países. Convido ao visionamento e reflexão deste vídeo:

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Educação para os Media (ii)